VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

quinta-feira, 22 de maio de 2008

COLETÂNEA DE CITAÇÕES - QUARTA PARTE

“Um admirador indiano de Madre Teresa, homem de negócios, mandou, um dia, imprimir para ela um cartão de cor amarela portador de cinco linhas. A Madre chamava-o “cartão de visita”, que ela distribuía amplamente, pois explicava toda a misteriosidade de sua obra. Essas cinco linhas correspondem às cinco etapas da caminhada trilhada por ela e proposta ao mundo: “O Fruto do silêncio é a Oração; O Fruto da oração é a Fé; O Fruto da fé é o Amor; O Fruto do amor é o Serviço; O Fruto do serviço é a Paz.” Este programa de cinco etapas decorre da experiência e da reflexão de Madre Teresa e de suas irmãs.”

“Um amigo é um presente que te dás a ti mesmo.” (Robert Louis Stevenson)

“Um anel de ferro sobre o qual estavam gravadas as insígnias do rei dirigiu-se a um anel de ouro: “Há sobre ti também essas insígnias?” “Não,” respondeu o anel de ouro. O anel de ferro disse: “Então sou melhor que tu.” O anel de ouro perguntou: “Como te chamas?” Respondeu: “Ferro.” Prosseguiu o anel de ouro: “Essas insígnias mudaram tua natureza de ferro?” Respondeu: “Não.” Perguntou o anel de ouro: “O fato de não ter insígnias tira-me minha natureza de ouro?” Respondeu: “Não.” Disse o anel de ouro: “Então, cala-te e vê por ti mesmo quem possui o valor maior.” (Rûmi, O Livro de Dentro)

Veja, também, o material coletado em Eros Roberto Grau:
http://www.blogger.com/blogger.g?blogID=1377568813988760878#editor/target=post;postID=5645046139743444074


“Um banco é um lugar em que eles te emprestam um guarda-chuva quando o tempo está bom e pedem de volta quando começa a chover.” (Robert Frost)

“Um bispo, disse a um marido enganado que se queixava à alta voz: Cala-te. É melhor ser Cornelius Tacitus que Publicus Cornelius.” (Leon A Harris)


“Um anjo mandou Babuque verificar se a cidade de Persépolis deveria ser destruída. Babuque vai, e fica horrorizado com os vícios que descobre; mas, após algum tempo, começa a gostar da cidade, cujos habitantes eram polidos, afáveis e beneficentes, embora fossem inconstantes, caluniadores e...

COLETÂNEA DE CITAÇÕES - TERCEIRA PARTE

"Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças." (Charles Darwin)

“O primeiro suspiro do amor é o último da sabedoria.” (Antoine Bret)

"O amor pode morrer na verdade, a amizade na mentira." (Abel Bonnard)

“O psicólogo William Moulton Marston perguntou a 3.000 pessoas: “O que constitui a razão de sua vida?” Ficou surpreendido ao descobrir que 94% estavam simplesmente agüentando o presente, enquanto esperavam pelo futuro: esperavam que alguma coisa acontecesse, esperavam que as crianças crescessem e saíssem de casa, esperavam pelo próximo ano, esperavam que a ocasião se apresentasse para fazer uma excursão longamente sonhada, esperavam que alguém morresse, esperavam pelo amanhã, sem compreender que tudo o que tudo o que qualquer pessoa tem é o dia de hoje porque ontem já se foi e amanhã nunca chega.” (Douglas Lurton, O Poder do Pensamento Positivo)

“O que a uns aborrece, a outros apetece”.

“O que é bom para a colméia é bom para a abelha”. (provérbio chinês)

“O que está feito não tem jeito”.

COLETÂNEA DE CITAÇÕES - SEGUNDA PARTE

“Em todas as suas fases, a história apresenta bons juízes; em poucas, apresenta boa magistratura.” (Edgar de Moura Bittencourt – In O Juiz, in Revista Consulex, ano II, nº 13, janeiro 1998, p. 16)

“Em vez de chorar o leite derramado, vá ordenhar outra vaca.”

“Enfrenta tuas dificuldades como homem: atribui-as a tua mulher.” (Samyra Baalbaqui)

“Engraçado, costumam dizer que tenho sorte. Só eu sei que quanto mais eu me preparo mais sorte eu tenho.” (Anthony Robbins)

“Enquanto andam os gatos pelo telhado, andam os ratos pelo sobrado”.

“Enquanto disputam os cães, como o lobo e a ovelha”.

“Enquanto ferve a panela, floresce a amizade”.

“Enquanto há figos, há amigos”.

COLETÂNEA DE CITAÇÕES - PRIMEIRA PARTE

Uma boa citação pode iniciar um capítulo, ilustrar um tema, reforçar uma idéia.
Seguem citações e provérbios que poderão ser úteis, na sua produção, seja ela jurídica ou não.

Boa sorte!

Veja, também, o material coletado em Eros Roberto Grau:
http://www.blogger.com/blogger.g?blogID=1377568813988760878#editor/target=post;postID=5645046139743444074


"As perfeições de Deus são tão
grandes e tão admiráveis que, se o mundo
estivesse cheio de livros, se todas as
criaturas fossem outros tantos escritores e
se toda a água dos mares se convertesse
em tinta, primeiro se encheriam todos os
livros, se cansariam todos os escritores e se
esgotariam os mares, e ainda se não teria
explicado uma só de suas perfeições”.
(Santo Agostinho, Filósofo-
Teólogo e Doutor da Igreja, 354-430 d.C.).


“Manda quem pode, obedece quem tem juízo”

"Decifra-me ou te devoro" (o enigma da esfinge)

"Como trabalhar com o que não está posto, isto é, com os enquadramentos alternativos? Como ver aquilo a que não se dá visibilidade? Como perceber o que a mídia não mostrou, se é a mídia que nos mostra o mundo?" (Luiz Felipe Miguel, professor da UNB, Os meios de Comunicação e a prática política, p. 171)

“A grama do vizinho é sempre mais verde.”

“A galinha do vizinho põe sempre mais ovos do que a nossa.”

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO
Ah, se eu pudesse! Você pode! A escolha é sempre sua.

Quem sou eu

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!